Arquivo de novembro de 2017

nov
30

Prerrogativas

Todas as prerrogativas inerentes ao sagrado exercício da advocacia, todas, sem exceção, precisam ser respeitadas pela autoridade, de toda categoria ou função, seja administrativa ou policial, representante do Ministério Público, e, lógico, pelos juízes de direitos, sem qualquer tipo de crítica. É antes de mais nada um direito do cidadão que litiga.

A postagem não pôde ser enviada para seu amigo. Tente novamente.

A postagem foi enviada com sucesso para seu amigo.

Envie para um amigo


Enviando...

nov
30

Caricato

Vem a calhar a triste constatação que fazemos: nosso Congresso é caricato, corrupto e fora das obrigações que lhe é destinada pela Constituição Federal, onde circulam projetos mirabolantes, fora da necessidade do povo.

A postagem não pôde ser enviada para seu amigo. Tente novamente.

A postagem foi enviada com sucesso para seu amigo.

Envie para um amigo


Enviando...

nov
29

Jango

João Goulart, o Jango já dizia que o povo brasileiro padece de maiores informações acerca do que os políticos fazem e deveriam fazer para os seus patrões, os populares. Morreu, vítima também de acusações subalternas e mentirosas, como a de ajudar uma república sindicalista, comprometida com o abuso e o autoritarismo, de nítida tendência socialista, como se isto fosse possível ou viável, sem ver uma evolução neste ponto, passados mais de 40 anos.

A postagem não pôde ser enviada para seu amigo. Tente novamente.

A postagem foi enviada com sucesso para seu amigo.

Envie para um amigo


Enviando...

nov
29

Básico

O básico para quebrar esta negligência, mais do que nunca, é preciso uma enorme campanha cultural onde fique evidente as vantagens contra a preguiça política, e o mal que ela nos causa sem renovação.

A postagem não pôde ser enviada para seu amigo. Tente novamente.

A postagem foi enviada com sucesso para seu amigo.

Envie para um amigo


Enviando...

nov
29

Meia-dúzia

Sempre é muito difícil substituir os atuais políticos, alguns com décadas de influência e mandatos. Aliado a esta realidade, some-se a incrível apatia do povo brasileiro. Há quem diga que para manifestações de ordem sexual ou de festas carnavalescas, reunimos milhões, mas para um protesto contra um políticos, a ordem econômica, o desemprego, etc, reúnem-se apenas meia duzia. Assim, ficam vedadas críticas relativas ao desinteresse popular.

A postagem não pôde ser enviada para seu amigo. Tente novamente.

A postagem foi enviada com sucesso para seu amigo.

Envie para um amigo


Enviando...